Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos
Bancários de Itajubá e Região

Av. Cel. Carneiro Júnior, 57 sls, 605/606, Centro, 37500-018 Itajubá / MG

(35) 3621-1532

sindicato@bancariositajuba.org.br

seeb.itajuba.reg@veloxmail.com.br

Notícias

06/10/2016 - SEEB
RESULTADO DA ASSEMBLEIA

RESULTADO DA ASSEMBLEIA

 

       Comunicamos que, em Assembleia Geral Extraordinária, realizada hoje, 06/10/2016, ás 17:00 horas, em 2ª convocação, na sede do SEEB Itajubá e Região, a categoria Bancária, dos bancos públicos e privados, APROVOU por unanimidade as propostas da FENABAN e as propostas específicas do Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal para vigir no biênio 2016/2017.

       Com esse resultado, a categoria termina a GREVE retornando às suas atividades nesta sexta-feira, dia 07/10/2016.

 

A DIRETORIA

06/10/2016 - SEEB
PCR DO ITAÚ

PCR VIRÁ JUNTO COM A PLR

 

     Desde 2013, os bancários do Itaú fecham acordo bianual de PCR (Participação Complementar de Resultados). Em 2015, o valor creditado foi de R$ 2.285, uma vez que o retorno do patrimônio líquido do banco foi maior que 23% no ano. Conforme acordado na Campanha do ano passado, este valor será atualizado de acordo com o índice de reajuste salarial a ser conquistado pela categoria em 2016.

     Caso seja aprovada pelos bancários a proposta de reajuste salarial de 8%, mais R$ 3.500,00 de abono, o valor da PCR 2016 ficará em R$ 2.468. Caso o retorno sobre o patrimônio líquido (ROE) do banco seja maior que 23% este ano, a PCR subirá para R$ 2.587.

     Assim como aconteceu em 2015, a PCR será creditada junto com o pagamento da primeira parcela da PLR.

 

A DIRETORIA

06/10/2016 - SEEB
EDITAL DE CONVOCAÇÃO - ASSEMBLÉIA NO SINDICATO

EDITAL DE CONVOCAÇÃO – ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA – SINDICATO DOS EMPREGADOS EM ESTABELECIMENTOS BANCÁRIOS DE ITAJUBÁ E REGIÃO – O Presidente da entidade supra convoca todos os membros da categoria profissional bancária de sua base territorial, da ativa e aposentados, associados ou não, dos Bancos Públicos e Privados, para participarem, deliberarem e votarem na AGE do dia 06/10/2016 às 16:00 horas, em 1ª convocação, ou às 17:00 horas, em 2ª e última convocação, caso não haja quorum na primeira, marcadas ambas para o seguinte endereço: Av. Coronel Carneiro Júnior, 57 – Salas 605/606 – Edifício Dona Helena – Itajubá - MG, constando da ordem do dia as seguintes matérias: 1 – Leitura do Edital de Convocação; 2- Apreciação e discussão do novo modelo de CCT e CCT de PLR para vigir no biênio 2016/2017; 3 – Apreciação e discussão da proposta apresentada pela FENABAN/Bancos Privados/BB/CAIXA/Sindicato dos Bancos de Minas Gerais, para reajuste salarial e demais condições renovatórias das convenções coletivas vigentes entre 01/09/2016 até 31/08/2017 e do período de 01/09/2017 até 31/08/2018, e também as disposições convencionais sobre PLR, para vigir de 01/09/2016 até 31/08/2017 e do período de 01/09/2017 até 31/08/2018; 4- Autorização, por votação na lista de votação, concedendo poderes negociais para, isoladamente ou em conjunto com a Federação, celebrar e assinar instrumento de convenção coletiva de trabalho nos termos da proposta patronal, se aprovada; 5 – Deliberar, por votação na lista de votação, acerca do desconto assistencial no valor único de R$ 70,00 (Setenta Reais) para distribuição respeitando-se o princípio Confederativo, a ser descontado de todos os membros da categoria profissional bancária no biênio da nova CCT, facultando-lhes o direito de oposição no prazo de 10 (dez) dias posteriores à realização da vigente assembleia ou o que vier determinado nas CCT’s 2016/2017 e 2017/2018, através de expressão escrita entregue na secretaria da entidade. Itajubá-MG, 06 de Outubro de 2016.

 

 

 

José Manuel Serva de Oliveira

Presidente

06/10/2016 - SEEB
NOVA PROPOSTA DO BANCO DO BRASIL

PROPOSTA BANCO DO BRASIL

 

     O BANCO DO BRASIL S.A apresentou a contraproposta específica para assinatura de Acordo Coletivo de Trabalho nesta madrugada de quinta-feira (06/10), em São Paulo.  O banco seguirá a contraproposta FENABAN, ou seja, 8% de reajuste nos salários e verbas, mais abono de R$ 3,5 mil agora em 2016. A proposta de assinatura do Acordo Coletivo também teria validade de 2 anos, com a reposição integral da inflação pelo INPC, mais 1% de aumento real em 2017.

 

Confira as propostas específicas também apresentadas:

 

Clausuladas:

 

- Será reajustado para R$ 200 mil o valor da indenização por morte ou invalidez decorrente de assalto.

 

- Será estendido o horário para amamentação ao funcionário pai de família monoparental e ao funcionário com união estável homoafetiva.

 

- As ausências autorizadas de 1 dia por semestre para doação de sangue, serão ampliados em 1 dia por ano para doação a parentes enfermos - pais, filhos, enteados, irmãos, avós, cônjuge ou companheira(o).

 

- A ausência autorizada para Aquisição, Manutenção ou Reparo de Ajudas Técnicas aos funcionários com deficiência será ampliada de uma para duas jornadas de trabalho por ano, podendo ser fracionadas em horas.

 

- As ausências autorizadas de dois dias úteis por ano (fracionáveis em horas) para acompanhar filho ou dependente, menores de 14 anos a consulta/tratamento médico e odontológico também poderão ser utilizadas para tratamento psicológico, vacinas e reuniões escolares

 

- As ausências autorizadas de dois dias para acompanhar esposa ou companheira em consultas médicas e exames complementares durante a gravidez poderão ser fracionadas em horas.

 

- Será ampliado o prazo para utilização de folgas nas Unidades que funcionam no regime de 24X7 (vinte e quatro horas, sete dias por semana) de 2 semanas imediatamente posteriores à da aquisição para até o último dia útil do mês subsequente ao da aquisição.

 

- Serão instituídas Mesas Temáticas sobre Prevenção de Conflitos, Saúde no Trabalho e Igualdade de Oportunidades, com prazo de 180 dias para conclusão a partir da data da instalação. Na mesa de Prevenção de Conflitos poderão ser discutidos eventuais conflitos decorrentes de implantação de soluções digitais, ajustes de estrutura e acesso ao histórico de ausências dos funcionários.

 

- Será incluída a parcela variável do Módulo BB na PLR dos funcionários cedidos à APABB.

 

Não clausuladas:

 

- Serão disponibilizadas no ano de 2017, no mínimo, 30 turmas da Oficina “Mediação: Práticas Restaurativas” aos administradores, visando disseminar a cultura da comunicação não violenta e das práticas restaurativas.

 

- Será disponibilizado espaço exclusivo para ações da UniBB em 500 agências da Rede Varejo para promover o desenvolvimento de competências e facilitar o acesso a ações de capacitação.

 

- Será ampliada a inclusão das mulheres nas funções gerenciais.

 

- Será alterado o critério de 66,6% para 70% no módulo Avançado e de 33,3% para 30% no módulo Básico, possibilitando a promoção, a partir de janeiro de 2017, de até 795 funcionários que exercem, por exemplo, as funções de Gerente de Relacionamento e Gerente de Serviços em Unidades de Negócio e Gerente de Módulo em Unidades de Apoio.

 

- A verba QVT será retomada a partir da assinatura do ACT.

06/10/2016 - SEEB
NOVA PROPOSTA DA CEF

PROPOSTA CEF

 

 

A CAIXA ECONÔMICA FEDERAL apresentou nesta madrugada de quinta-feira (06/10) a contraproposta para assinatura de Acordo Coletivo de Trabalho com seus empregados, em que segue a oferta da FENABAN de 8% de reajuste mais abono de R$ 3,5mil.

 

 Confira os termos da proposta:

 

1.Reajuste de 8% no salário padrão e reflexo nas correspondentes vantagens pessoais, nas funções gratificadas, gratificação de cargo em comissão, bem como nos valores de tabelas de corte e piso salarial de mercado;

 

2. Abono de R$ 3,5 mil, pagos 10 dias após assinatura do Acordo Coletivo de Trabalho;

 

3. 15% de auxílio cesta alimentação (R$ 565,28);

 

4. 15% na 13ª cesta alimentação (R$ 565,28);

 

5. 10% no auxílio alimentação (R$ 717,29);

 

6. 10% no auxílio creche/babá (até 71 meses R$ 434,17/ até 83 meses R$ 371,43);

 

7. 8% demais benefícios;

 

8. PLR CAIXA:

- REGRA FENABAN- limitada a 15% do lucro líquido apurado em 2016 distribuída da seguinte forma: REGRA BÁSICA (90% do salário reajustado em set/16, mais valor fixo de R$ 2.183,53, limitado a R$ 11.713,59) mais PARCELA ADICIONAL (2,2% do lucro líquido apurado no exercício de 2016, dividido pelo número de funcionários, até o limite individual de R$ 4.367,07);

 

- PLR ADICIONAL CAIXA - 4% do lucro líquido apurado em 2016, distribuído igualmente para todos os empregados;

 

- PLR PARCELA COMPLEMENTAR - garantirá no mínimo uma remuneração básica a todos os empregados, a soma da PLR FENABAN e a PLR ADICIONAL CAIXA não atinja esse limite.

 

9. Antecipação da PLR - propõe pagar 60% do valor total da PLR devida em até 10 dias após assinatura do ACT.

 

A DIRETORIA

06/10/2016 - SEEB
NOVA PROPOSTA DA FENABAN

PROPOSTA FENABAN

 

 

       Após cansativo debate nesta quarta-feira (05/10), em São Paulo, e diante de uma greve que já chega ao seu 30º dia, a Fenaban trouxe para a mesa de negociação, nova e definitiva proposta, visando dar uma solução definitiva ao impasse das negociações para a celebração de um acordo. 

       A proposta contempla índice de 8% nas verbas salariais, 10% nas verbas do auxilio creche/babá e tíquete alimentação, 15% na cesta alimentação e mais um abono em parcela única a ser paga após 10 dias da assinatura no valor de R$ 3.500,00 (três mil e quinhentos reais), juntamente com a PLR nas mesmas condições do acordo anterior com um ganho de 8%.

       Como proposta inovadora, propôs acordo de 2 anos, garantindo a reposição do INPC mais ganho real de 1% a partir de 01 de setembro de 2017 sobre salários de 31/08/2017. Após intervalo para consulta aos bancos sobre os diversos pontos questionados para melhoria da proposta como o índice abaixo da inflação e a não aceita em hipótese alguma quanto a compensação e pagamento dos dias parados, a FENABAN retornou à mesa e como última condição abriu mão da compensação dos dias de greve, concedendo a anistia de todo o período grevista.

 

 

AVALIAÇÃO

 

 

     Considerando que a mobilização da categoria nestes dias de greve, apesar de não alcançar o índice de reajuste pretendido, trouxe melhora na proposta com aumento no índice para 8% e ganho real no tíquete e cesta alimentação, concessão de um abono no valor de R$ 3.500,00 e garantia para o próximo dissídio da reposição da inflação pelo INPC mais acréscimo de 1%, e ainda a anistia de todos os dias parados, em respeito àqueles que realmente lutaram com empenho nesta campanha.

06/10/2016 - SEEB
COMUNICADO AOS COLABORADORES BB e CEF

COMUNICADO AOS COLABORADORES DA CEF E BB

 

       Prezados Companheiros,

 

       Comunicamos a todos que os Bancos Privados já estão voltando às suas atividades no dia de hoje, 06/10, conforme acordado na mesa de negociação, os dias em GREVE serão ABONADOS sem qualquer tipo de compensação desde que os colaboradores retornem ás suas atividades impreterivelmente amanhã, dia 07/10.

       Na oportunidade convidamos a todos para participarem de nossa Assembleia hoje ás 16:00 horas em primeira convocação e ás 17:00 horas em Segunda convocação.  

       Solicitamos a gentileza de informarem ao maior número possível de colegas.

 

A DIRETORIA

05/10/2016 - SEEB
FENABAN, BB E CEF CONVOCAM REUNIÃO

FENABAN, BB E CEF CONVOCAM REUNIÃO PARA HOJE

 

       A FENABAN, o Banco do Brasil e a CEF chamaram hoje o Comando Nacional de Negociação para reunião em São Paulo. A reunião com a FENABAN ocorrerá ás 17:00 horas e com as direções do BB e CEF ás 19:00 horas.

       Esperamos que venha uma proposta que atenda os anseios da categoria nesse 30º dia de GREVE Nacional.

       Posteriormente enviaremos novas notícias.

 

A DIRETORIA

30/09/2016 - SEEB
COMUNICADO CLUBE DE CAMPO

COMUNICADO CLUBE DE CAMPO

 

       Informamos aos nossos associados que o Clube de Campo do Sindicato em Piranguinho não funcionará no dia 02/10, Domingo, em virtude das Eleições Municipais.

 

Gratos pela compreensão,

 

A DIRETORIA

29/09/2016 - SEEB
NOVA PROPOSTA DA FENABAN É NEGADA

NOVA PROPOSTA DA FENABAN É NEGADA

 

   Em mais uma demonstração de desrespeito com os Bancários e com a sociedade brasileira em geral, em nova rodada de negociação realizada ontem, 28/09, em São Paulo, entre o Comando Nacional de Negociação e a FENABAN, depois de horas de tratativas as negociações da Campanha Salarial em pouco avançaram.

 

   A FENABAN chegou na mesa de negociação com uma proposta de acordo com validade de 02 anos, porém, ao apresentar a mesma, a decepção tomou conta da mesa, a nova proposta é de índice de reajuste salarial para esse ano de 7% de reajuste salarial e abono de R$3.500,00 e, para o ano que vem um índice de reajuste referente a inflação do período (Set/16-Agosto/17) + 0,5%, proposta essa que foi prontamente recusada pelo Comando Nacional de Negociação.

 

   Em que pese que a proposta do ano que vem contemple um ganho real de 0,5%, a categoria terá uma defasagem salarial de mais de 2% no biênio, já basta os lucros mirabolantes que proporcionamos fruto do nosso trabalho e saúde, não vamos proporcionar lucros maiores em cima dos nossos salários como eles querem agora.

   Mesmo com a maior e mais longa Greve dos últimos anos, a postura dos Bancos é o de enfrentamento e de descaso com a categoria. É inadmissível que o setor que têm os maiores lucros da economia não reponha a inflação do período, usam a desculpa da crise para jogar a conta no bolso do Bancário, NÃO VAMOS PAGAR ESSA CONTA!!!

 

   O momento é de intensificar a GREVE, de mostrarmos nossa união e nossa força, só assim alcançaremos nossos objetivos. Nao ceda às pressões e intimidações, não dê lucro para quem não te valoriza!!!

 

   A GREVE segue forte e continua até que os Bancos apresentem uma proposta condizente com os anseios da categoria.

 

SÓ CONQUISTA QUEM LUTA!!!

 

VÊM PRA GREVE!!!

 

A DIRETORIA